Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Geração à Esquerda

Geração à Esquerda

Eleições Presidenciais - Pedagogia precisa-se ou como o Candidato Vieira até faz alguma falta.

 

Confesso que sou um eleitor pouco interessado nas presentes eleições presidenciais. Apesar do desinteresse, tenho feito os possíveis para tentar seguir a enxurrada de debates, entrevistas e notícias sobre as diversas campanhas dos candidatos ao cargo de chefe de Estado do nosso País, ou seja, tenho tentado estar informado sobre o que se tem passado. Do marasmo que tem sido esta campanha há, necessariamente, que salientar a boa prestação de Sampaio da Nóvoa, o qual, após o debate com Marcelo Rebelo de Sousa, tem demonstrado algum conteúdo político e que é capaz de disputar as presentes eleições, revelando-se uma agradável surpresa. Além de Sampaio da Nóvoa, merece ainda referência Marisa Matias, que com um discurso bem medido e diversificado, tem sido uma voz diferente nesta campanha, salientando a quase veia pedagógica que tem demonstrado para explicar o papel e poderes que um Presidente da República tem.

 

Ora, é a pedagogia de Marisa Matias que tem sido deveras curiosa, pois poderíamos pensar que andar a explicar constantemente o que um chefe de Estado pode e não pode fazer, em contraponto com alguns candidatos que confundem os poderes do Presidente da República com a função executiva de um Governo, seria algo desnecessário mas ao invés disso somos confrontados com a dura realidade do desconhecimento profundo do papel do Presidente da República no Estado de Direito em que vivemos. O afastamento dos portugueses da política, o desinteresse dos mais jovens em quase tudo o que diga respeito á acção política no seu todo, a fraca prestação de Aníbal Cavaco Silva, que pouco dignificou a função que ocupou, são factores que contribuem em muito para que hoje, uma boa parte da população portuguesa quais as prerrogativas constitucionais da função de Presidente da República, a sua importância e impacto na vida do cidadão comum.  Ora, ainda esta semana, de forma surpreendente e com uma boa dose de humor e crítica mordaz, no espaço “Templo de Antena” da TSF o Candidato Vieira (ou Manuel João Vieira, cantautor conhecido por liderar os colectivos “Ena Pá 2000” e “Irmãos Catita”) brinca com o patente desconhecimento dos portugueses sobre quais as funções e poderes do mais alto dignatário do Estado português sendo que com a referida crítica também é capaz de esclarecer quais as funções e poderes do Presidente da República. Apesar do tom jocoso que utiliza, o Candidato Vieira explica que o Presidente da República nãos serve apenas para conceder uns quantos indultos no Natal, ou para atribuir ordens honoríficas a cidadãos de distinta reputação e impacto social, nem tão pouco para ser um viajante do mundo, o candidato Vieira explica que o Presidente da República tem efectivo poder de decisão, de intervenção e que pode e deve ser o fiel da balança no jogo democrático (atentem que tal se lê nas entrelinhas do humor de João Manuel Vieira).

 

Toda esta situação acima mencionada leva-me a reflectir sobre uma proposta de Pedro Delgado Alves dos tempos de Secretário-Geral da Juventude Socialista, relativa á integração nos planos de estudo no Ensino Básico e/ou Secundário de uma disciplina que versasse sobre o funcionamento das instituições democráticas, clarificando os seus papéis, a sua importância e acima de tudo, o seu funcionamento enquanto pilares do Estado de Direito democrático. Pese embora a pouca importância que se dá a este tema, urge repensar as estratégias de captação de interesse das pessoas, designadamente, dos jovens, para que a democracia em Portugal não se deixe apagar e para que a decisão não fique nas mãos de um par de iluminados que controlam as regras do jogo a seu belo prazer. Esperemos que daqui a 5 anos já não seja necessário andar a explicar ás pessoas o que é e o que faz o Presidente da República.

1 comentário

Comentar post

Colaboradores

Ana Sofia Santos

Carlota Borges

Carolina Correia

David Serrachino

Diogo Amaral

Filipe Barroso

Filipe Fernandes

Fábio Romão Morgado

Geração à Esquerda

Hugo Carvalho Gonçalves

João Quartilho

João Rocha

Mafalda Monteiro

Miguel Matos

Nuno Menezes

Raquel Rodrigues

Rui Lopes

Sofia Lopes

Tânia Teixeira

Teresa Fernandes

Tomás Santos

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D